sábado, 14 de abril de 2018

És o meu caminho incerto.

Em teu olhar revejo a minha parte incerta
Partes do um sentimento por mim vivido
Onde nomadiza minha paixão tão deserta
Nela o beijo que de ti não tenho recebido
.
Fiz de ti o meu desejo, meu refúgio e arte
Por estradas solitárias andei meio perdido
Gotas soltas por não saber como amar-te
Caíram dos meus olhos em pesar sentido
.
Olho com amor e em teu sorriso me revejo
Dentro do silêncio do desenho de um beijo
Relembro palavras escritas de pura ilusão
.
Penso que nas entrelinhas d'um tempo ido
Não posso desejar um amor desconhecido
Pois esse não sabe viver em meu coração
.Publicada por Ricardo- águialivre.
https://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.com.br/


  
 As pessoas falam de essência,
Mas vivem de aparência.
Não distinguem a diferença.
Desconhecem verdades e sentimentos,
Só vivem de lamentos para aliviarem a dor!
Nessa vida não conhecem o verdadeiro 
sentido do amor!
Pessoas vazias e tão cheias de rancor...
Quiçá um dia conhecessem
realmente o sentido dor,
aquela que vem para ensinar a ser nobre de Amor!
Mas no fundo se escondem por trás 
de meras palavras que para o mundo
já perderam o valor
Irma Jardim.



 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios