sexta-feira, 13 de janeiro de 2017


Felicidade, quando a sentimos fluir

Vagueando por caminhos contagiantes

Enfeitados de raios de sol

E das árvores verdejantes,

Felicidade, o que os nossos olhos vêm

E a imaginação nos oferece

Em momentos radiantes

Em que tudo nos conduz

Aos caminhos mais empolgantes

Onde deixamos transparecer 

O mais intimo do coração,

Felicidade, algo de bom que se alcança 

Em partículas de sentimentos 

Quando dentro de nós há esperança 

Caminhos e sonhos realizados,

Mas na hora da partida 

E de coração consolado

A felicidade abranda

Os caminhos fazem-se longos,

O sol esconde seu brilho

Entre névoas de gelada aragem

E de novo a felicidade

Retorna à sua viagem,

Deixando para trás na verdade 

Um misto de emoções.
****
Cidália  Ferreira
https://coisasdeumavida172.blogspot.com.br

Não caminhe detrás de mim, posso não te guiar.
Não ande na minha frente, posso não seguir-te. 
Simplesmente caminhe ao meu lado e seja meu amigo.
Albert Camus.

Arregacei as mangas, passei um batom e prendi o cabelo... Estou pronta e partindo pra luta, não me subestime, tenho tudo que preciso aqui comigo... Força, fé, saúde, coragem e Deus. Obrigada pela sua gentil visita e comentário.
 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios